Empresários paranaenses debatem com especialistas os desafios econômicos pós-eleições

Marins Bertoldi

Especialistas em política e economia comandam bate-papo promovido pelo Marins Bertoldi Advogados e a GPS Investimentos em Curitiba

Independente do resultado das eleições, o futuro presidente do Brasil terá de superar relevantes desafios e promover as reformas necessárias para reduzir o déficit primário, aumentar a produtividade e gerar mais empregos, e para isso precisará do apoio do congresso nacional e do setor empresarial.

Na última quinta-feira (04/10), o Marins Bertoldi Advogados e a GPS Investimentos reuniram empresários para um bate-papo sobre “Os Desafios Econômicos Pós-Eleição 2018”. Alon Feuerwerker, analista político da FSB Comunicação, e Paulo Miguel, sócio e CIO da GPS Investimentos, dividiram suas análises e perspectivas para os próximos anos.

“A primeira preocupação do novo presidente será abaixar a temperatura política e estabelecer um cenário de estabilidade, possibilitando que sejam iniciadas as reformas necessárias”, explica Feuerwerker.

Além da redução da dívida pública, o economista Paulo Miguel aponta a simplificação da carga tributária, a reforma da previdência e a observância às restrições impostas pelo teto de gastos como outras importantes medidas que terão influência significativa na retomada do crescimento da economia nacional e no apoio do empresariado ao novo governo.

O encontro reuniu cerca de 50 empresários no Four Points by Sheraton, em Curitiba.