Regulamentação profissional e o exagero estatal